DESTAQUE
27 de outubro de 2014

DIAS 3/5/6/7 DE NOVEMBRO...

DESTAQUE
27 de outubro de 2014

Notícias...

DESTAQUE
06 de outubro de 2014

Missão para Libertar "Enviou-me para anunciar a libertação" (Lc 4,18)...

DESTAQUE
16 de agosto de 2014

...

DESTAQUE
17 de fevereiro de 2014

A perda do laço essencial entre verdade, bem e liberdade na cultura contemporânea é a explicitação do caos moral que vai afundando a sociedade em acontecimentos assustadores. ...

Mais Notícias
27 de outubro de 2014
DIAS 3/5/6/7 DE NOVEMBRO

27 de outubro de 2014
Notícias

06 de outubro de 2014
Missão para Libertar "Enviou-me para anunciar a libertação" (Lc 4,18)

16 de agosto de 2014

17 de fevereiro de 2014
A perda do laço essencial entre verdade, bem e liberdade na cultura contemporânea é a explicitação do caos moral que vai afundando a sociedade em acontecimentos assustadores.
Agenda da Paróquia

Palavra do Pároco
A Festa de Finados
31/10/2014

Dia 2 de novembro é um dia marcante, porque é a festa da imortalidade e da ressurreição. É uma recordação da vida de quem já peregrinou neste mundo e agora alcançou a plenitude de seus desejos e esperanças. Aqui somos companheiros de viagem, lá seremos convidados das núpcias do Cordeiro. A melhor despedida é esta: “até nos revermos no céu”. A morte hoje é um tabu, algo que escondemos, camuflamos, afastamos como se fosse algo proibido e perigoso. Poucos morrem em casa, o luto saiu da moda, afastamos as crianças do enterro, os profissionais da saúde são os que assistem os moribundos. A morte, na fé cristã, é uma experiência pessoal, uma passagem, um parto e uma porta para uma nova fase da vida. “Meu fim é o meu início” (A. Grünn). A vida não é tirada, é transformada. Felicidade, luz, paz, plenitude, alegria, glorificação, constituem a realidade da vida após a morte, na comunhão dos santos e na visão de Deus face a face. Nosso viver é também um caminhar para o morrer. Como uma mulher grávida se prepara para o parto, como a gente se prepara para uma festa ou a chegada de uma visita, assim, precisamos nos preparar para a nossa hora derradeira. É assim que rezamos na Ave Maria: “agora e na hora de nossa morte, rogai por nós”.

Dom Orlando Brandes

Boletim Informativo
01 de novembro - 07 de novembro de 2014
Ano 2 Nº de Edição 69 PUBLICADO HÁ 14 HORAS

Galeria de Fotos
< >